A Praça

Histórico

A ACBC / ABT

O Mestre e Monitores

Histórico

As primeiras idas do mestre Woo à EQN 104/105 Norte, aconteceram por volta de 1974, data em que ele se mudou para as suas proximidades. Desde então, ele tem praticado, regular e diariamente, tai chi chuan e outras manifestações das milenares artes chinesas. Isso acontece quer chova, quer faça sol.

No início, ele praticava diversas modalidades dessas artes, inclusive outras de outros países orientais, como o Japão. Entre as atividades incluem-se: meditação parado, meditação em movimento, espada de kendô, judô, aikidô e bastão. Logo iniciou também a prática do tai chi de 24 movimentose e, às vezes, tui sho. Muito do material que utilizava, foi doado pela Embaixada da China, sobretudo livros.

Quanto aos horários, ele começava logo às 6 horas da manhã. À noite também, embora na época era um tanto perigoso, uma vez que se jovava muito lixo na área. Até cachorro morto e feto ele disse ter visto. Havia muito mato. Era o cerrado como antigamente. Muita gente pensava que ele era jardineiro ou lixeiro. Por outras palavras, foi um começo muito difícil. A coisa só chegou ao que temos hoje, com três horários funcionando regularmente, devido a essa pertinácia do Dr. Woo.

Logo logo começaram a aparecer curiosos para ver o que aquele "japonês maluco" estaria fazendo ali. Há relato de um desses primeiros curiosos, ao qual o mestre pediu que lhe desse um soco. O estranho apenas o esboçou. Após umas três vezes de "soco de mentirinha" e as insistências para que desse um soco para valer, o estranho tentou dar esse soco. Quando percebeu, estava deitado no chão e o mestre por cima dele, dominando-o. São curiosidades daqueles tempos heróicos. 

O mestre Woo ensinou lutas marciais a alguns jovens. Depois, eles se diviriram em grupos e começaram a brigar. Houve inclusive o caso de um jovem que o atacou, para testá-lo. Diante desses desvios, ele concluiu que esse não era o caminho a tomar. Parou de ensinar lutas marciais, concentrando-se mais no tai chi com finalidades terapêuticas. Como vimos, nas primeiras vezes que desceu de seu apartamento para ir se exercitar onde é hoje a Praça, ele o fazia sozinho. Mas, pouco a pouco começou a aparecer mais gente. Um deles era o filho Aristein Woo, que tinha asma, mas que começou a praticar tai chi com aproxmadamente 4 anos de idade. Com isso, a asma desapareceu. Hoje, ele é um professor de tai chi, além ser médico formado na UnB, em clínica geral, acupuntura e massagem. Ele (e o pai) praticam a "medicina de tao". Desde bem jovem, Aristein começou a dirigir as atividades durantes alguns anos. A filha Tsulia Woo, é médica endocrinologista, também pratica tai chi, embora tenha pouco tempo para isso.

Um pouco mais tarde, foram chegando outras pessoas, como "General Morosinho", "Seu Silveira", Gustavo Luedemann, Helmut Egewarth. Em seguida vieram Wanderliro Barbará, Teresinha Pereira, Siegfried Elsner, Francisco de Assis Bispo, Cecília Alcoforado, Soeni Maria Leite, Vânia Lúcia Dias Vasconcelos,  Maria Eutenir C. Braga, Ignês Passos, Helena Anita, Hertz Negrelli Igácio, Maria das Neves Lira Leal e Marcus Evando. Este último também é professor de tai chi. 

Muita coisa dessa história se perdeu. No entanto, entre as primeiras pessoas que se dedicaram às atividades de tai chi contam-se: Padre João Manoel Lima Mira, Herbert V. Inocala (Dada), Elena Fukuta, Davi Alves de Carvalho, Carlos Alberto Bastos Barreto, Paulo Trindade, Aníbal Ribeiro Olivo etc. Alguns deles criaram sua própria academia, ou se desenvolveram em outras direções. Por exemplo Dada Inocalla é dono da academia Magka Isa, situada próximo da Praça (704 Norte). Helena Fukuta é, atualmente, professora de tai chi. Luís Henrique Moreira Santos, do Instituto Néctar, hoje segue o estilo Pai Lin.

 



Entre os primeiros praticantes, ainda continuam freqüentando a Praça Vinícius Vênus (Seu Vinícius), Lindaura Lisboa Pontes, Gustavo Luedamann, Carlos Alberto Bastos Barreto, Francisco de Assis Bispo, Cecília Alcoforado, Helmut Egewarth, Pedro Alves e Marcus Evando.

Bem mais recentemente (agosto de 2005), Hildo Honório do Couto começou a freqüentar a Praça, tendo começada dirigir as atividades, duas vez por semana, por volta de março de 2006.

O padre Mira levou a filosofia e algumas das atividades para Santa Catarina, Itália (San Marino) e, finalmente, para o Japão. A idéia se espalhou pelo mundo, e assim surgiu o International Institute of Being Tao - IIBT, com o mesmo propósito da então ACBC (atual ABT), propagar um estilo de vida diferente, baseado nos ensinamentos do taoísmo (being tao), procurando sempre uma maior interação com a natureza, com as pessoas e, acima de tudo, uma compreensão de nós mesmos.

No dia 11/08/06, na Câmara Legislativa do Distrito Federal, o Mestre Joseph Moo Shong Woo recebeu o título de Cidadão Honorário de Brasília, com a presença de inúmeros amigos, principalmente associados da então ACBC e  autoridades (cerca de 300 pessoas estavam presentes).

Tradicionalmente se tem praticado o tai chi simplificado de 24 movimentos, estilo yang, formado em Pequim em 1956, a fim de facilitar sua prática pelas massas.

 

Praticamos tai chi chuan ao ar livre, na Praça da Harmonia Universal (PHU). Temos (ou já tivemos) participantes de nacionalidade chinesa (inclusive taiwanesa), norte-americana, francesa, argentina, boliviana, alemã, espanhola e japonesa, entre outras. Muita gente de diversos estados e cidades do Brasil tem nos visitado. Enfim, procuramos sempre a harmonia universal. Evitamos temas que dividem as pessoas, tais como política, religião e, até certo ponto, futebol. A única coisa que interessa na PHU é a harmonia, como apregoa Lao Tzu no Tao Te Ching. No início de maio de 2006, foi introduzida a modalidade de 13 movimentos, estilo Chen, desenvolvida pelo mestre Chan Te-Sheng, de Taiwan, no início do século XXI.

Tradicionalmente, se tem praticado tai chi das 6 às 7 horas da manhà. No dia primeiro de julho de 2004, teve início um segundo horário, de 7h30min a 8h30min. Atualmente, é nesse horário comparecem mais participantes.

Após algumas tentativas intermitentes de fim de ano, em dezembro de 2006 teve início um terceiro horário, que vai de 18h30min a 19h30min. Para mais detalhes, ver Horário das Práticas.